O projeto AMHE

CONTEXTO
O projecto «Embaixadores Europeus para as Zonas Húmidas» (AMHE) criado ao abrigo do programa Erasmus + integra um contexto europeu onde o tratamento social do desemprego de longa duração beneficia de meios significativos, alguns mobilizados pelo Fundo Social Europeu.

Estas iniciativas sociais compreendem ações de integração realizadas pelas autoridades locais, associações / empresas responsáveis pela integração ou associações de caridade que reunem esforços para promover a integração do público-alvo num processo coletivo de serviço comunitário que atende às necessidades da comunidade, prevê um pagamento (baixo), acompanhado de formação e tutoria.

No entanto, apesar do interesse nestes sistemas, as taxas de retorno ao emprego são geralmente baixas. O projeto AMHE não pretende abordar o problema tanto do ponto de vista da organização ou da eficiência dos mecânismos de integração. O objetivo é melhorar o desenvolvimento de competências, fazer o reconhecimento e reintegração profissional dos beneficiários destes esquemas de integração para a manutenção de rios e zonas húmidas.

PROJETO AMHE

O projeto assume dois desafios europeus:

• proporcionar formação de qualidade e oferecer perspectivas profissionais ambiciosas e sustentáveis para as pessoas atualmente excluídas do mercado de trabalho ou que estão integrados através de medidas específicas;
• atender às necessidades de proteção e valorização das zonas húmidas e rios europeus, objetivo apoiado pela aplicação da Diretiva Quadro da Água que impõe às comunidades europeias e Estados membros os deveres relativos à manutenção, combate à poluição, monitorização dos riscos naturais e, de maneira mais geral, a informação do público em geral.

GRUPO ALVO

O projeto responde:

• às necessidades dos PÚBLICOS EM INTEGRAÇÃO proporcionando-lhes uma melhor qualificação, mais versatilidade e melhorar a sua possibilidade de empregabilidade.
• às necessidades dos PROFISSIONAIS DAS ZONAS HÚMIDAS trazendo-lhes uma nova profissão que permita mais experiência e versatilidade nas suas tarefas, para uma melhor relação entre custo/eficiência .

OBJETIVOS DO PROJETO

A parceria europeia do projeto AMHE propõe a criação de um novo repositório de competências que faça nascer uma uma nova profissão, “Embaixador para as Zonas Húmidas”, ao abordar temas de formação atualmente trabalhados pelas organizações de integração ativas na valorização das zonas húmidas, temas como mediação ambiental, o conhecimento do meio ambiente, engenharia ecológica e um fortalecimento das competências-base e transversais e da capacidade para agir.
Para isso, ao longo dos 30 meses de desenvolvimento do projeto de 11/01/2019 a 30/04/2022, a parceria vai:

DEFINIR, TESTAR E VALIDAR o perfil profissional europeu de referência “Embaixador para as Zonas Húmidas”
REFORÇAR as competências dos formadores responsáveis pela integração profissional de pessoas em associações, organizações de formação e autoridades locais e autoriades europeias, a fim de apoiar a implementação deste novo perfil profissional.